Revista ABTPé 4.1 - Ano: 2010

Artigos

Tratamento cirúrgico do neuroma de Morton por via plantar transversa: avaliação de resultados pela escala AOFAS

Surgical treatment of Morton’s neuroma through transverse plantar port: results assessment by AOFAS scale

Marcus Vinicius Mota Garcia Moreno1, José Eduardo Freire Castello Branco de Araujo2, Mauro de Freitas Fortes Filho2, Walter Pettersen Júnior2, Túlio Eduardo Vieira Marçal3, Marilton Jorge Torres Gomes3, Luis Schiper4

Abstract:

Objective: Assessing patients submitted to the surgical treatment of Morton’s neuroma resection, through plantar port, using American Orthopaedic Foot and Ankle Society (AOFAS) scale before and after surgery. Methods: 66 patients (70 feet) were submitted to the surgical resection of Morton’s neuroma through plantar port, being 11 (16.7%) male and 55 (83.3%) female, 26 (39.4%) patients with the right side rushed, 36 (54.5%) with the left side and 4 (6.1%) bilaterally. There were 5 (7.2%) neuromas in the second intermetatarsal space, 49 (70%) in the third space and 16 (22.8%) with the involvement of the second e third spaces. The age ranged through 18 and 80 years old (median=51.8 years). The time of follow-up ranged from 12 to 62 months. Results: We have found as median variation of AOFAS criteria 60 points before surgery and 83.6 points after surgery. Excellent results were considered in 77% of the patients, good results in 17% of the patients, 6% with regular results and none result considered bad. As complications, there were three (4.29%) cases of neuroma’s recidivation, one (1.42%) case of infection and eight (11.42%) of residual pain. Conclusion: The surgical treatment of Morton’s neuroma through plantar port demonstrates results comparable to the others techniques described in the literature, being a good therapeutical option to the disease. The AOFAS scale seems to be useful to be applied to assessment of the results.

Keywords:Neuroma/surgery; Foot diseases/surgery; Surgical procedures, operative

Resumo:

Objetivo: Avaliar pacientes submetidos a tratamento cirúrgico de ressecção de neuroma de Morton, pela via plantar, utilizando a escala da American Orthopaedic Foot and Ankle Society (AOFAS) no pré e pós-operatório. Métodos: Foram submetidos à cirurgia de ressecção de neuroma de Morton por via plantar 66 pacientes (70 pés), sendo 11 (16,7%) do sexo masculino e 55 (83,3%) do sexo feminino, 26 (39,4%) pacientes com o lado direito acometido, 36 (54,5%) do lado esquerdo e 4 (6,1%) bilateral. Foram 5 (7,2%) neuromas do segundo espaço intermetatarsiano, 49 (70%) no terceiro espaço e 16 (22,8%) com envolvimento do segundo e terceiro espaços. A idade variou entre 18 e 80 anos (média=51,8 anos). O período de acompanhamento variou de 12 a 62 meses. Resultados: Foram encontrados como variação média dos critérios da AOFAS 60 pontos no pré-operatório e 83,6 pontos no pós-operatório. Foram considerados excelentes resultados em 77% dos pacientes, bons resultados em 17% dos pacientes, 6% com resultado regular e nenhum com resultado considerado mau. Como complicações ocorreram três (4,29%) casos de recidiva do neuroma, um (1,42%) caso de infecção e oito (11,42%) de dor residual. Conclusão: O tratamento cirúrgico do neuroma de Morton por via plantar demonstra resultados comparáveis aos das demais técnicas descritas na literatura, sendo uma boa opção terapêutica para a enfermidade. A escala AOFAS parece ser factível de ser aplicada para avaliação de resultados.

Descritores:Neuroma/cirurgia; Doenças do pé/cirurgia; Procedimentos cirúrgicos operatórios

[ baixe o PDF ]

Reimplante do pé em criança: relato de caso

Foot reimplantation in a child: case report

Mário Yoshiyde Kwuae, Edegmar Nunes Costa, Ricardo Pereira da Silva, Frederico Barra de Moraes, Rodrigo Alvarenga Nunes

Abstract:

We report a rare case of foot reimplantation due to a traumatic amputation above the ankle
caused by transit accident, in an one year old child. The treatment was done with specific venous, arterial and neural microanastomosis, and bone stabilization with K-wires, with a good clinical result within eight years.

Keywords:Amputation; Replantation; Foot; Child; Case reports

Resumo:

Relatamos um raro caso de reimplante do pé feito no nível do tornozelo, devido à amputação traumática em acidente de trânsito, em criança de um ano. O tratamento realizado foi baseado em microanastomose venosa, arterial e neural específica associado à estabilização óssea mínima com fios de Kirschner, com bom resultado clínico após oito anos.

Descritores:Amputação; Reimplante; Pé; Criança; Relatos de casos

[ baixe o PDF ]

Tratamento cirúrgico da ruptura aguda do tendão calcâneo com o método de Bosworth modificado em esportistas amadores

Surgical treatment of the acute rupture of the Achilles tendon with the method of modified Bosworth in amateur sportsmen

André Luiz de Oliveira, Helencar Ignácio, Márcio Gomes Figueiredo, João Ricardo Gonçalves Montanha

Abstract:

Objective: To evaluate the efficacy and possible complications in the treatment of acute Achilles tendon ruptures using the surgical method of Bosworth modified for adults, amateur sportsmen. The surgical technique for healing of Achilles tendon ragged idealized by Bosworth has been abandoned due to the broad surgical access required by the method. Methods: In this study, 18 adults, sports enthusiasts, were interviewed and examined, with total tendon rupture, subjected to this procedure to assess the effectiveness and possible complications. Results: In this assessment, 13 patients (72.2%) returned to the same level of physical activity, and 5 patients (27.7%) did not return. Two patients (11.1%) had superficial infection and dehiscence, both with good development and no case of rerupture was observed. Pain, loss of strength or mobility reduction was not a common complaint being aesthetics afforded the factor assessed with lesser satisfaction. All patients would make the same procedure again. Conclusion: The technique of Bosworth modified gave good functional results, in which aesthetics showed a limitation to its use, being a valid option to adopt in the treatment of Achilles tendon rupture.

Keywords:Achilles tendon/surgery; Achilles tendon/injuries; Surgical procedures, operative/methods; Surgical procedures, operative/ adverse effects

Resumo:

Objetivo: Avaliar a eficácia e as possíveis complicações no tratamento das rupturas agudas do tendão calcâneo empregando o método cirúrgico de Bosworth modificado em adultos, esportistas amadores. A técnica cirúrgica para reparo do tendão de Aquiles roto idealizado por Bosworth tem sido abandonada devido ao amplo acesso cirúrgico exigido pelo método. Métodos: Neste estudo foram entrevistados e examinados 18 adultos, esportistas amadores, com ruptura total do tendão, submetidos a esse procedimento com o objetivo de avaliar a sua eficácia e possíveis complicações. Resultados: Nesta avaliação, 13 pacientes (72,2%) retornaram ao mesmo nível de atividade física, e 5 pacientes (27,7%) não. Desses, dois pacientes (11,1%) apresentaram infecção superficial e deiscência, ambos com boa evolução e nenhum caso de rerruptura foi observado. Dor, perda de força ou diminuição da mobilidade não foi uma queixa comum sendo a estética proporcionada pela ampla cicatriz o fator avaliado com maior índice de insatisfação. Todos os entrevistados se submeteriam ao mesmo procedimento. Conclusão: A técnica de Bosworth modificado proporcionou bons resultados funcionais, na qual a estética demonstrou uma limitação ao seu uso, sendo uma opção válida a adotar no tratamento das rupturas agudas do tendão calcâneo.

Descritores:Tendão do calcâneo/cirurgia; Tendão do calcâneo/lesões; Procedimentos cirúrgicos operatórios/métodos; Procedimentos cirúrgicos operatórios/efeitos adversos

[ baixe o PDF ]

Osteotomia cuneiforme de adição na base do primeiro metatársico para o tratamento do hálux valgo moderado e intenso: fixação com placas de baixo perfil

Proximal opening-wedge osteotomy of the first metatarsal for moderate and severe hallux valgus with low-profile plates

Caio Nery, Cibele Réssio, Gerson de Azevedo Santa Cruz, Rafael Silva Remor de Oliveira

Abstract:

Objective: The objective of this study was to present the results of the treatment of moderate and severe hallux valgus with the proximal metatarsal opening wedge (PMOW) osteotomy using two different screw and plate fixation systems. Methods: Forty one patients (70 feet) were treated in a period of 4 years (2005 to 2009) with an average follow-up of 2.4 years. Age varied from 19 to 83 years with an average of 52 years. As for sex, 93% of the patients were female and 7% were male with a gender proportion of 13: 1. The fixation of the PMOW osteotomy was obtained by the Darco® BOW plate in 36 feet (51%) and by the Arthrex® LPS in 34 feet (49%). Both techniques are similar and the lateral cortex was violated in 31% of the cases (22 feet). Biplanar chevron distal osteotomy and/or Akin proximal phalangeal osteotomy were associated according to the magnitude of the distal metatarsal articular (DMMA) and hallux valgus interphalangeus (HVI) angles. Pre and post-operative weight-bearing radiographs were measured to compare the following radiographic variables: hallux valgus angles (HVA), I-II intermetatarsal angle (IMA), DMAA, HVI, relative lengths of I and II metatarsals and sesamoid position. The pre and post operative American Orthopaedic Foot and Ankle Society (AOFAS) forefoot score were recorded for each patient. Results: The HVA improved by a mean of 14°; the IMA improved by a mean of 8°, the DMAA improved by a mean of 11° and the HVI improved by a mean of 7°. No changes in the relative lengths of I and II metatarsals were detected. According to the sesamoid position, 79% of the feet have improved and 32% have been normalized this variable. The AOFAS forefoot score improved from a mean of 50 to 82. There were five painful hardware, five persistent swelling, two nonunion, two tarsometatarsal dislocation and six other minor complications. Conclusion: The PMOW osteotomy is an effective method for correcting a moderate or severe hallux valgus deformity. Both screw and plate systems used in this series showed to guarantee the stability and correction of the osteotomy site. The combination with distal biplanar chevron osteotomy and/or Akin osteotomy is advisable to correct the DMAA and HVI angles.

Keywords:Hallux valgus/surgery; Osteotomy/methods; Orthopedic procedures/methods; Bone plates; Bone screws

Resumo:

Objetivo: O objetivo deste trabalho foi apresentar os resultados obtidos no tratamento da deformidade do hálux valgo moderado e intenso por meio da osteotomia cuneiforme de adição na base do primeiro metatársico utilizando dois sistemas diferentes de fixação com placa e parafusos. Métodos: Foram tratados 41 pacientes (70 pés) em um período de 4 anos (2005 a 2009) com uma média de seguimento de 2,4 anos. A idade dos pacientes variou de 19 a 83 anos com média de 52 anos. Quanto ao sexo, 93% dos pacientes eram mulheres e 7% homens, o que gera uma proporção de 13:1. A fixação da osteotomia da base foi obtida por meio da placa BOW da Darco® em 36 pés (51%) e pelo sistema Arthrex® LPS em 34 pés (49%). Ambas as técnicas são semelhantes e a cortical lateral do metatársico foi violada em 31% dos pacientes (22 pés). Na dependência da magnitude dos ângulos articular distal do primeiro metatársico (AADM) e hálux valgo interfalângico (AVI), foi associada a osteotomia em chevron biplanar distal e/ou a osteotomia da falange proximal do hálux – Akin. As radiografias pré e pós-operatórias dos pés com carga foram mensuradas para comparar os seguintes parâmetros: ângulo de valgismo do hálux (AVH), ângulo intermetatársico I-II (AIM), ângulo articular distal do primeiro metatársico (AADM), ângulo de valgismo interfalângico (AVI), comprimento relativo dos I e II metatársicos e posição dos sesamoides. O escore da American Orthopaedic Foot and Ankle Society (AOFAS) pré e pós-operatório foi calculado para todos os pacientes estudados. Resultados: O AVH melhorou 14° em média; o AIM melhorou 8° em média, o AADM melhorou 11° e o AVI melhorou 7°, em média. Não foram observadas diferenças significantes no comprimento relativo dos I e II metatársicos. Com relação à posição dos sesamoides, 79% dos pés operados melhoraram e 32% obtiveram a normalização dessa variável. O escore da AOFAS melhorou da media pré-operatória de 50 pontos para a média pós-operatória de 82 pontos. Houve cinco casos de queixas dolorosas relativas ao material de síntese, cinco casos de edema persistente, duas pseudartroses, duas subluxações tarsometatársicas e outras seis complicações menores. Conclusões: A osteotomia cuneiforme de adição na base do primeiro metatársico é um método efetivo na correção do hálux valgo moderado ou intenso. Ambos os sistemas de fixação com placa e parafusos utilizados nessa série mostraram ser capazes de manter a estabilidade e correção do foco de osteotomia. A combinação das osteotomias em chevron biplanar distal e/ou Akin é recomendável quando houver exagero do ângulo articular distal do primeiro metatársico e ângulo de valgismo interfalângico.

Descritores:Hálux valgo/cirurgia; Osteotomia/métodos; Procedimentos ortopédicos/métodos; Placas ósseas; Parafusos ósseos Nível de Evidência – IV – Série retrospectiva de casos.

[ baixe o PDF ]

Mensuração radiográfica da discrepância entre o primeiro e segundo metatarsais na osteotomia proximal tipo adição para tratamento cirúrgico do hálux valgo

Radiographic measurement of the discrepancy between the first and second metatarsal osteotomy type in addition to surgical treatment of hallux valgus

Antonio Francisco Ruaro, Antonio Egydio de Carvalho Junior

Abstract:

Objective: This study aimed to compare the radiographic measurement in the previous and post operative period. Methods: In this prospective study, the surgical treatment on 43 patients, 52 feet, suffering from hallux valgus with moderate and severe deformity, were evaluated. Results: All the patients were treated using the same technique of distal softtissue reconstruction, with of proximal opening-wedge osteotomy of the first metatarsal. Conclusion: The wedge addition osteotomy in the base of the first metatarsal promoted the length increasing of the first metatarsal comparing with the second metatarsal, in most of the feet.

Keywords:Hallux valgus/surgery; Osteotomy/methods; Metatarsus/radiography

Resumo:

Objetivo: O objetivo deste estudo foi comparar a mensuração radiográfica pré e pós-operatória do comprimento do primeiro metatarsal. Métodos: Estudo prospectivo, realizado entre dezembro de 1997 e dezembro de 2007, avaliando o tratamento cirúrgico de 43 pacientes, 52 pés, portadores de hálux valgo de moderada e grave deformidade. Resultados: Todos os pacientes fizeram reconstrução distal de partes moles pela mesma técnica cirúrgica, sendo empregada a osteotomia tipo adição para correção do varismo do primeiro metatarsal. Conclusão: A osteotomia de adição de cunha na base do primeiro metatarsal promoveu o aumento do comprimento do primeiro metatarsal em relação ao segundo, na maioria dos pés.

Descritores:Hallux valgus/cirurgia; Osteotomia/métodos; Metatarso/radiografia

[ baixe o PDF ]

Ruptura do tendão calcâneo: mobilização e carga precoce após reparo cirúrgico

Achilles tendon tendon rupture: motion and weight bearing early after operative treatment

Mário Kuhn Adames1, Cristiano Carvalho Sansão3, Gilbert Serpa3, Gustavo Birro2, Renan Gallas Mombach2, Simone Zambeli Alberti

Abstract:

Objective: The early motion after surgical treatment of Achilles tendon rupture is a point of controversy in the literature. The goal o this study was to evaluate the functional results of early motion and weight bearing through clinical protocol. Methods: The authors present a study of 36 patients with calcaneus tendon rupture. The patients underwent repair surgery by Krackow´s technique and tendon transfer (peroneus brevis tendon and/or Lynn technique). Immobilization was used up to the 15 day and, after that, an articulated ankle foot orthosis with dorsiflexion blocking was used and full weight bearing was then permitted in the injured ankle, until six week of postoperative. The analysis of the results was based on the clinical exam and on a questionary applied on the latest follow-up. Results: In regard to adherence, it was observed degree 0 in 14 patients and degree I in 2 of them; articulation mobility was equal to the contralateral ankle in all patients; strength of toe-standing was inferior to the contralateral side in 5.16%; mean muscle atrophy was 1.38 cm and mean tendon hypertrophy was 1.05 cm, the patients were back to their daily activities by the nineth week and to the sports activities by the fourth month. All patients were satisfied with their results, except for two of them, one satisfied with a slight restriction and the other with a severe restriction due to sporadic pain in the hipertrophyc scar. Conclusion: The repair of the calcaneus tendon rupture by the Krackow´s technique, associated with peroneus brevis tendon transfer, allowed mobilization and early full weight bearing with strength and function recovery in all patients, with no case of rerupture, presenting satisfying (excellent/good) outcomes in 94.44% of the cases.

Keywords:Achilles tendon/surgery; Achilles tendon/injuries; Moviment/physiology; Recovery of function/physiology

Resumo:

Objetivo: A mobilização precoce após o tratamento cirúrgico da ruptura do tendão calcâneo é um ponto de controvérsia na literatura. O objetivo deste estudo foi avaliar os resultados funcionais da mobilização e a carga precoce por meio de protocolo clínico. Métodos: Foram avaliados 36 pacientes portadores de ruptura do tendão calcâneo, os quais foram submetidos à cirurgia de reparação com sutura de Krackow e transferência tendinosa (fibular curto e/ou Lynn). Os pacientes foram imobilizados com tala suropodálica gessada por, no máximo, 15 dias de pós-operatório. Após, até a semana, foi utilizada tala suropodálica articulada com bloqueio da dorsiflexão e permitida carga sobre o tornozelo lesado. A avaliação dos resultados foi baseada em um questionário e no exame clínico, realizados na última consulta. Resultados: Foram obtidos, quanto à presença de aderência, grau 0 em 14 pacientes e grau I em 2 casos; a mobilidade articular em todos os pacientes apresentou-se igual ao lado contralateral; força de elevação na ponta do pé, em média, 5,16% inferior ao lado não-operado; atrofia muscular da panturrilha foi em média de 1,38 cm, e hipertrofia do tendão em média de 1,05 cm; retorno às atividades diárias em torno da nona semana e esportiva em torno do quarto mês. Todos os pacientes estavam satisfeitos com seus resultados, com exceção de dois pacientes, um deles satisfeito com restrição leve e outro, com restrição maior, devido à dor esporádica na cicatriz hiperplásica. Conclusão: O reparo da ruptura do tendão calcâneo pela técnica de Krackow, associado à transposição tendinosa do fibular e/ou plantar delgado, possibilitou a mobilização e carga precoce com retorno da força e da função em todos os pacientes. Não houve nenhum caso de rerruptura, apresentando
resultados clínicos satisfatórios (excelentes/bons) em 94,44% dos casos.

Descritores:Tendão do calcâneo/cirurgia; Tendão do calcâneo/lesões; Movimento/ fisiologia; Recuperação da função/fisiologia

[ baixe o PDF ]

O uso do CT-SPECT como ferramenta para o diagnóstico diferencial da dor do pé e tornozelo

SPECT-CT as a diagnostic tool in foot and ankle surgery. Preliminary experience in 6 cases

Claudio Díaz, Cristián Ortiz, Emilio Wagner, Andrés Keller

Abstract:

Objective: To present our preliminary experience with the use of SPECT-CT as a tool for differential diagnosis in foot and ankle pain. Methods: Six patients (Medium age: 47 y-o, 3 males and 3 females) were evaluated with SPECT-CT between April and October of 2009. All patients had hindfoot or midfoot pain with no clear diagnosis. Most of them had pain as a complication of hindfoot trauma. All the cases were evaluated with plain radiographs, and some with MRI or ultrasound. Results: The previous diagnosis to SPECT-CT were arthritis, hindfoot pain in study, osteochondral lesion, and oligoartralgia under study. The SPECT-CT ruled out joint involvement in four of the six cases, determined the diagnosis in four of the six cases, and in two of the six cases led to a surgical treatment. Conclusions: The SPECT-CT imaging test is a complement to the history and physical examination in diagnostic evaluation for foot and ankle pain. Its usefulness is mainly seen in cases of chronic posttraumatic hindfoot pain, in multiple joints involvement, and in the presence of metallic hardware from previous surgery. It helps in improving accuracy of diagnosis in cases of difficult evaluation with traditional imaging tests.

Keywords:Tomography, Emission-Computed, Single-Photon; Diagnosis, differential; Foot disease/diagnosis; Ankle joint/pathology; Ankle joint/radiography

Resumo:

Objetivo: Apresentar nossa experiência preliminar com o uso do SPECT-CT como ferramenta para o diagnóstico diferencial da dor do pé e tornozelo. Métodos: Seis pacientes (média de idade: 47 anos com três homens e três mulheres) foram avaliados com SPECTCT entre abril e outubro de 2009. Todos os pacientes tiveram dor no retropé ou na área medial do pé sem diagnóstico esclarecido. A maioria dos casos teve a dor como uma complicação de trauma de retropé. Todos foram avaliados com radiografias simples e alguns com ressonância magnética ou ultrassom. Resultados: Os diagnósticos encontrados antes de SPECT-CT foram: artrite, dor no retropé em estudo, lesão osteocondral e oligoartralgia em estudo. O exame descartou a participação conjunta em quatro dos seis casos; determi nou o diagnóstico em quatro dos seis casos; e em dois dos seis casos levou a tratamento cirúrgico. Conclusões: O teste de SPECT-CT é um complemento para a história e exame físico na avaliação diagnóstica para a dor do pé e tornozelo. Sua utilidade é vista principalmente em casos de dor crônica pós-traumática do retropé, no envolvimento em múltiplas articulações e presença de aparelhos metálicos de uma cirurgia anterior. Ela ajuda a melhorar a precisão do diagnóstico em casos de difícil avaliação com exames de imagem tradicionais.

Descritores:Tomografia computadorizada de emissão de fóton único; Diagnóstico diferencial; Doenças do pé/diagnóstico; Articulação do tornozelo/patologia; Articulação do tornozelo/radiografia

[ baixe o PDF ]

Resultados funcionais do tornozelo após ressecção do terço distal da fíbula

Functional outcome of the ankle after resection of the distal fibula

Gustavo Sampaio de Souza Leão, Antonio Marcelo Gonçalves de Souza, Cícero Heleno Feitosa

Abstract:

Introduction: The tumors around the distal third of the fibula are extremely rare. Only 43 cases were described on medical literature searched. Beside the small number of cases, many techniques were employed to sustain the ankle stability. Resection of lateral malleolus without reconstruction seems to not provide instability. Objective: The objective of this paper was to research the functional outcome of the ankle after resection of distal third of the fibula on the treatment of tumors involved the lateral malleolus. Methods: The medical literature was review by databases and five patients with tumors on the lateral malleolus were retrospect study. The method utilized involves the examination of the patients using the scores of the International Society of Limb Sparing (ISOLS) and American Orthopedics Foot and Ankle Society (AOFAS). Results: The results showed by the patients were satisfactory with small numbers of complications. Conclusion: The resection of the lateral malleolus without reconstruction is a simple method with low risk of complication and good functional results on the ankle stability

Keywords:Ankle joint/physiopathology; Ankle joint/surgery; Joint stability; Bone neoplasm/ surgery

Resumo:

Introdução: Os tumores envolvendo o terço distal da fíbula são extremamente raros. Apenas 43 casos são descritos na literatura médica pesquisada. Apesar de o número de casos ser pequeno, muitas técnicas foram empregadas para manter a estabilidade do tornozelo após a ressecção do maléolo lateral devido a tumores. A ressecção do maléolo lateral sem reconstrução, no entanto, parece não provocar instabilidade. Objetivo: O objetivo deste estudo foi verificar a função do tornozelo após a ressecção do terço distal da fíbula no tratamento de tumores envolvendo o maléolo lateral. Métodos: A literatura médica foi revisada por meio de bancos de dados eletrônicos, e cinco pacientes com tumores envolvendo o maléolo lateral foram pesquisados retrospectivamente, sendo utilizados os métodos de avaliação de resultados da International Society of Limb Sparing (ISOLS) e da American Orthopedics Foot and Ankle Society (AOFAS). Resultados: Os resultados apresentados pelos pacientes foram satisfatórios e poucas complicações foram verificadas. Conclusão: A ressecção do maléolo lateral sem reconstrução é um método simples com baixo índice de complicações e resultados funcionais satisfatórios em relação à estabilidade do tornozelo.

Descritores:Articulação do tornozelo/fisiopatologia; Articulação do tornozelo/cirurgia; Instabilidade articular; Neoplasias ósseas/cirurgia

[ baixe o PDF ]

Menu interno

Editor Chefe Revista ABTPé

 

 


Jorge Mitsuo Mizusaki

Busca Revista ABTPé